Publicado por: Mr. T | outubro 20, 2008

enfim, Shar | episódio #3

Corremos pela cidade através da noite. Em alguns minutos, conseguimos enfim chegar à entrada do templo escondido. Era uma loja de quinquilharias, um disfarce intrigante ao templo de uma deusa maligna.

Descendo por uma passagem secreta, encontramos o restante do grupo, eles terminavam de vasculhar uma espécie de depósitos onde encontraram provas substanciais do envolvimento de pelo menos duas pessoas da cidade, Rond Kelfen e Barwin, o mercador.

No templo, haviam os corpos de algumas criaturas estranhas, segundo Kalyan, seguidores de Shar sob as ordens de Barwin, que infelizmente conseguira escapar ao ataque.
Kalyan me entregou um livro, disse que talvez pudesse ter utilidade para mim, se eu conseguisse entender o que estava escrito.
Era um grimório, mantenedor de um grande poder arcano.
Roubando toda minha atenção, passei alguns minutos abstraindo da discussão que se iniciara para saber mais sobre aquele grimório.
Sim, havia um ritual nele, e eu estava louco para poder estudá-lo com o devido tempo.

Agora, com as provas nas mãos, não sabíamos ao certo como agir.
Confirmei com Irmã Linora sobre a influência de Kelfen na Guarda da cidade, além da própria Milícia. Ela disse que ele realmente era o líder das duas guarnições, mas a Guarda apenas o seguia por ordens e hábitos militares, não tinham afeição a seus ideais.
Era o melhor que tínhamos. Resolvemos por fim, ir direto a fonte do problema e interrogar o sujeito. Seria possível que encontrássemos até mesmo Barwin se refugiando.

Mais algumas discussões sobre como abordar Kelfen e os riscos que corríamos, resolvemos ir todos juntos. Irmã Linora iria com Marisol e Lady Arytanna com Burork escondida sob um robe da ordem de Sune.

Kalian iria furtivamente por trás e eu o seguiria, aproveitava a ausência de armaduras pesadas e barulhentas em minha indumentária para tentar acompanhar Kalian de modo mais silencioso possível. Guinevere seguiu para os portões da cidade, precisávamos de informação sobre a movimentação daquela noite.

A aproximação à casa foi perfeita, mas chegamos tarde, a casa havia sido abandonada. Mais rápidos do que esperávamos, a elfa retorna dos portões com a informação de que todos da milícia haviam fugido. Afinal, esse culto a Shar não era pequeno, já tinha influenciado dezenas de homens.

Seguimos à casa de Lorde Dubric e tivemos outra grande surpresa da noite, ela estava sendo consumida por um incêndio.

Lorde Dubric

Lorde Dubric estava aos berros passando ordens aos guardas, aparentemente estavam todos tentando apagar o fogo e nenhum outro para segurança da cidade.
Conseguimos avisa-lo da traição da milícia,seu envolvimento com Shar e que haviam fugido matando os guardas dos portões. Não sei se tomado pelo desespero de ver sua casa em chamas, mas ele não acreditou em um primeiro momento. Fui obrigado a gritar algumas verdades a ele para que retomasse a consciência e fizesse algo útil.

Por fim, ele ordenou o fechamento dos portões. A invasão Netheriana junto com os seguidores de Shar poderia começar a qualquer momento, segundo as provas encontradas no templo.

Antes que fechassem os portões e virássemos todos reféns da espera, conseguimos cavalos com Lorde Dubric para seguir a milícia e Rond Kelfen, o traidor.

Sabíamos para onde estavam indo, e pretendíamos alcança-los antes que pudessem chamar por algum reforço.
Infelizmente são nestes momentos de tensão que os pequenos detalhes se tornam o ponto culminante entre o sucesso e a morte na ponta de alguma lança enferrujada. As pequenas criaturas que estavam atacando os mercadores eram kobolds, na verdade. E eles continuavam a atacar qualquer um que passasse pelas estradas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: